segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Papo Livresco: O que aconteceu com a Kobo?

Não que eu esteja pensando em trocar de ereader, mas ultimamente passei a me interessar pela Kobo por causa do seu belo material gráfico nas redes sociais (digo, instagram), então comecei a pesquisar os modelos vendidos no Brasil, eis que encontro o problema..

A loja que vende oficilamente os produtos da Kobo no Brasil é a Livraria Cultura, pesquisei por diversas vezes no site e os resultados só voltavam com ebooks, novamente pesquisei e achei no máximo poucos acessórios para alguns dos leitores. Tive que ir no site oficial da Kobo e ver se por acaso tinham trocado de distribuidora no país, e a Livraria Cultura continua sendo indicada como a forma oficial de adquirir esses ereaders, mas não existe nenhum modelo a venda, corri no Google e em nenhum lugar se diz o que aconteceu com os produtos no país.

Resolvi dar uma vasculhada no facebook da empresa e vi que algumas pessoas falaram sobre a falta dos produtos no site da Cultura, a Kobo alegava que ainda existiam unidades a venda, os clientes diziam que não, mas desde outubro de 2016 ninguém que relatou a falta conseguiu comprar um Kobo. Uma das respostas da Kobo na página foi: 
Obrigado pelo seu contato. 

Como informamos, a Cultura ainda está vendendo nossos aparelhos no Brasil. Para maiores informações como, disponibilidade de estoque. Por favor, contate a Livraria Cultura. 

Pedimos desculpas por qualquer inconveniente.
O que é bem estranho para a marca dizer isso, pois o site em si não está vendendo nada dos ereaders, a própria empresa que fabrica o produto não sabe da situação dele no país. Outro usuário perguntou sobre a chegada de um novo modelo no Brasil e a previsão seria em 2017. Seria então novidades para a Kobo no país? Ou simplesmente resolveram abandonar o mercado brasileiro? 

Qualquer que seja a resposta, continuo com meu Kindle firme e forte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário