quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Papo Livresco: Sobre as parcerias

Acompanho vários canais no YouTube e poucos blogs de literatura, algo muito recente para falar a verdade, mas que a certo ponto, se tornou bastante cansativo, e aí as parcerias entram como principal culpada. Neste post vou explicar como elas acabam prejudicando muito esses 'formadores de opinião'.

Apesar de sermos um país com pouca leitura, qualquer tipo de incentivo é válido, produtores de conteúdo que promovem a leitura são bem vindos, e muitas editoras conseguiram enxergar o lado comercial nisso de uma forma não tão legal, por exemplo, não é fácil comprar vários livros todo mês, correto? A editora enviar livros para seus parceiros é importante, visto que isso permite que eles possam avaliar os lançamentos. E aí encontramos o problema.

Editoras, parceiros, lançamentos, kits de release. Essa é uma receita de vários canais e blogs, muitos dos 'formadores de opinião' baseiam seus conteúdos apenas nisso, muito esporadicamente vejo alguém comentar que comprou um livro, ou que gostaria de ler um livro, na verdade vejo muitos dizendo que estão dando pausas nas compras de livros por motivos de não poderem gastar tanto em livros e terem muitas coisas para ler, aí eu fico com várias interrogações na cabeça, pois dificilmente vejo algum deles comentando a compra de um livro, e quando o faz, é por quê estava em promoção e por isso comprou alguns livros, número que não chega nem perto aos que foram enviados por editoras e são mostrados em seus book hauls.

Estaria eu com inveja? Sim, talvez. Quem não gostaria de receber livros de graça? Mas a questão é que como um inscrito de vários canais, cheguei a um ponto de ver todos os vídeos de resenha, lidos ou de book haul apresentar os mesmos livros das mesmas editoras, e tudo isso de forma rasa, algo como: "vejam que capa maravilhosa", "amei esse brinde", "que marcador lindo". Leitura desses livros?? ¯\_(ツ)_/¯

E percebo que muitos dos livros não fazem nem o estilo da pessoa, fazendo com que esses livros fiquem para sorteio ou parados no cantinho de castigo.

Lógico que existe aqueles que sabem usar sua influência, já vi muitos booktubers que acabaram parcerias por simplesmente as editoras não mandarem nada que interessa a eles, outros que limitavam a receber coisas que realmente interessavam ou que a editora permitia solicitar o que quisessem, aos poucos estou parando de seguir alguns canais por essas razões, literatura vai muito além de young adult, romance e coisas que estão em voga.

Caso você esteja procurando por formadores de opinião que realmente querem falar sobre a literatura num contexto fora do que vemos hoje em dia, recomendo dois canais não influenciados por parcerias: o Tiny Little Things da Tatiana Feltrin, que apesar do nome, é brasileiro; recomendo também o canal da Patrícia Pirota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário