sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Doctor Who: Mortalha da Lamentação - Tommy Donbavand

Para mim Mortalha da Lamentação foi um dos livros mais bem desenvolvidos na questão sobre relatar personagens já conhecidos da série de Doctor Who, Tommy fez um excelente trabalho reproduzindo trejeitos, falas e ações do décimo primeiro Doutor, são idênticos aos do personagem na série de TV.

Mas não basta reproduzir, tem que saber fazer, né? E sobre isso, com certeza tivemos um ótimo desenvolvimento da estória, acompanhamos o Doutor e a Clara saindo de uma aventura e embarcando em outra, mas rapidinho mesmo, como sempre a TARDIS dá uma de doida e a estória começa com eles chegando no dia em que Kennedy é assassinado.

O assassinato em si é uma parte principal para o enredo acontecer, pois vamos descobrindo que esse acontecimento meio que dá brechas para o aparecimento de rostos de pessoas que já morreram, mas como? O livro responderá daquela forma bem científica que Doctor Who explica tudo.

Passaremos por diversas emoções ao ler o livro, e humor é uma marca registrada deste Doutor, não poderia ser diferente, teremos PALHAÇOS na estória!!! (#sorrynotsorry pelo spoiler). Além disso, teremos mais alguns personagens que se envolverão com o Doutor, ambos muito inteligentes e engraçados, e que terão que lutar contra as Mortalhas, sim os rostos que saem perturbando as pessoas são chamados de Mortalhas.

Ao terminar o livro quis que o mesmo fosse transformado em episódio, algo que caberia na segunda parte da sétima temporada, o finalzinho do livro é bastante emocionante, e com certeza, aqueles que tem algum pequeno conhecimento de outros companions e outros Doutores, sentirão a lágrima chegando no olho.

Do wee ooo, vamos ler!!!

Citação favorita:
Nunca tenha uma Equipe B - disse o Doutor, muito sério. - É como um Plano B, sempre a pior alternativa. Enquanto o Plano C e, por extensão, a Equipe C, normalmente é resultado de ideias novas.
Nota: 5 estrelas

Nenhum comentário:

Postar um comentário