sexta-feira, 14 de novembro de 2014

A verdade sobre o caso Harry Quebert - Joël Dicker


Uma das coisas que influenciam na escolha dos livros que vou ler é a popularidade do mesmo e a falta de popularidade. 'A verdade sobre o caso Harry Quebert' se encaixa na primeira opção, todo o barulho que se estava fazendo sobre o livro, da estória e tudo, mas também tinha o lado negativo, havia gente comentando que era leitura para banheiro, o que sinceramente achei desnecessário.


Deixei de lado as críticas negativas e experimentei o que parecia ser um bom livro de mais de 500 páginas..

..e na verdade Dicker não é um grande escritor de mistérios ou thriller! Como leitor, posso dizer que as características dos personagens foram bem desenvolvidas no decorrer da estória, e sim, realmente a estória as vezes se torna enfadonha, justamente pelo excesso de detalhes, mas nada que me fez querer soltar o livro, na verdade, cada capítulo me fazia querer conhecer mais e saber o que iria acontecer.

Falando em capítulos, houve um clichê de querer enfiar vários ensinamentos/ideias no começo de cada capítulo, foi interessante, mas será que seria necessário fazer isso a cada novo capítulo?

Sobre tudo o que se fala, e o que falei, Dicker não é um grande escritor, mas é um escritor que podemos apostar em bons textos nos próximos anos.

Recomendo a leitura para quem quiser uma boa investigação, e por investigação, entenda reviravoltas e mistérios sendo descobertos numa pequena cidade dos Estados Unidos.