sexta-feira, 11 de julho de 2014

Doctor Who: Shada - Douglas Adams, Gareth Roberts

Pelo título do post você pode ficar se perguntando, Douglas Adams e Gareth Roberts escreveram um livro juntos? Vamos dizer que sim, vamos dizer que não.. deixe-me explicar melhor.


Shada é um arco escrito por Douglas Adams para a série clássica de Doctor Who, lá na época em que o Tom Baker era o quarto Doctor. Mas na mesma época greves ocorreram, e nunca chegaram a finalizar as gravações do arco completo, do mesmo jeito Adams nunca terminou de escrever a estória toda. Aí entra Gareth Roberts, por meio da ajuda de várias pessoas, ele conseguiu informações e cópias de roteiros escritos e modificados pelo próprio Douglas, assim ele poderia escrever a estória de uma forma mais própria para um livro sem alterar em nada do original. A estória não teve um fim para a televisão, mas no livro ela teve, e poxa! Que fim.

No final do livro podemos ver um posfácio escrito por Roberts, lá ele nos explica como foi o trabalho para reconstruir essa estória sem tirar o toque "Douglas Adams de ficção científica", quais foram suas fontes, o que o ajudou e tudo mais, é sério, o cara simplesmente pesquisou horrores para conseguir transformar um roteiro em um livro de 352 páginas.

Mas e aí? Parece ser um livro escrito por qualquer autor? Ou escrito pelo Douglas Adams? Chega a parecer uma estória original de Doctor Who? SIM!!! É maravilhoso! Se você já chegou a assistir nem que seja um arco, ou um episódio com o Tom Baker saberá que ele é um gênio como o Doctor, e o livro transmite isso, fica difícil você não imaginar cada mínimo detalhe de como seria na televisão, o início do livro parece ser realmente escrito pelo próprio Douglas Adams e o decorrer dele é escrito por um ótimo autor, é praticamente impecável.

Já existem reconstruções do arco com as imagens gravadas na época, assisti alguns pedaços, mas ainda não tive coragem de assistir ele todo. Tenho medo de ter que comparar qual é o melhor, pois a série pode sair perdendo, o baixo orçamento deixa os efeitos especiais serem muito capengas, enquanto a imaginação não tem limites e nem corte de custo.

Shada não é o primeiro livro de Doctor Who no Brasil, o Universo Who já mostrou isso, mas é lógico que após o boom do aniversário de 50 anos da série, Shada será o primeiro de muitos livros no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário