sexta-feira, 11 de outubro de 2013

O Mistério de Marie Rogêt - Edgar Allan Poe

Foi o primeiro livro/conto que leio do Poe, devo confessar que depois de algumas estórias de detetives escritas por Conan Doyle e Agatha Christie, é complicado ler outras sem ter que esperar muito.

A escrita é bem antiga mesmo, você até vê na tradução em português, o jeito de narração é meio enfadonho, não sei se foi erro da L&PM, mas tem hora que eu me perdia nos diálogos que não começavam com travessões.

Além disso, a estória para mim não teve graça, visto que os detetives eram, o que eu chamei de "detetives de cadeira", simplesmente não iam à campo, as 'investigações' eram feitas, ao que parece, dentro de um lugar com vários jornais que contavam versões e notas sobre o assassinato, os detetives diziam que tal informação era um absurdo, e que aquilo não fazia lógica, no final das contas eles reconstruíam o caso a partir de várias informações diferentes encontradas em jornais.

E teve uma coisa que eu não gostei....

[SPOILER!!!] A estória termina e simplesmente não tem fim. [/SPOILER!!!]

Por ser um livro baseado em fatos reais, várias coisinhas foram trocadas, como o nome de personagens e jornais, mas a editora se preocupou em nos situar colocando notas explicando aonde ocorreu, qual era o nome do jornal original de cada fato.

Esperei muito e não gostei quase nada do livro, deduzir sem provar nada e ficar criando teorias para chegar numa teoria sem fim enche o saco de qualquer um.

O Mistério de Marie Rogêt é da coleção 64 páginas da L&PM Pocket e custa apenas R$5.

Nenhum comentário:

Postar um comentário