segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

O Guia do Mochileiro das Galáxias

Esperei muito do livro achando que seria algo engraçado ou no estilo de grandes aventuras no espaço, bem, ele tem um pouco disso, mas infelizmente não atendeu as minhas expectativas, mesmo sendo muito bem escrito.

As vezes abusa da situação de ser um livro sobre o fim da terra, ser altamente "a frente de nosso tempo" e uma jornada no espaço. É cansativo aquelas inúmeras medidas, nomes estranhos, quinhentos planetas com características estranhas, "pessoas" com características estranhas, estórias loucas que você não consegue digerir.

Quando acabei o primeiro capítulo pensei: "como um livro desse consegue ser um sucesso mundial?", acabei a leitura e continuei com a mesma questão na cabeça, talvez como primeira parte da história os personagens e o enredo estão começando a se desenvolver e a amadurecer, de qualquer forma não cheguei a odiar a leitura, mas como a capa diz: "Uma trilogia de cinco livros", ainda posso gostar (ou odiar) do livro, não é?

Só gostaria de fazer um adendo para a editora: Mesmo eu não gostando do livro, gostaria de uma edição mais caprichada da coleção, não me importaria de uma capa mais grossa, o nome dos livros em alto-relevo e pedindo demais uma caixa para guardar esta coleção. Afinal de contas, estamos falando de um dos livros mais vendidos no mundo e não de uma obra desconhecida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário