quarta-feira, 1 de setembro de 2010

O Mar de Monstros

A primeira coisa que me veio à mente é que eu não teria perdido nada se não tivesse lido "O Ladrão de Raios", mas sinceramente o primeiro livro é melhor que o segundo e bem mais agitadinho, isso deve ser pela "magia" de estar lendo algo novo ou pelo fato do personagem principal estar descobrindo os próprios poderes.

O Mar de Monstros é o segundo livro da saga "Percy Jackson e Os Olimpianos", nesta segunda parte Percy consegue se dar bem na escola durante todo o ano, mas logo no final do ano algo teria que dar errado, ele também vai descobrir que o seu amigo de escola não é uma pessoa tão normal como ele pensava. Novamente vemos a mitologia sendo aplicada aos nossos dias e as aparições de deuses e monstros continuam.

Posso dizer que a partir do segundo livro vimos que "Chronos" não está tão esquecido e que com certeza ele vai ser o assunto da saga. Neste volume Chronos e Luke começam a causar o terror no acampamento, aplicando algum tipo de veneno que começa a matar a árvore de Thalia, o único remédio para isso é encontrar o velocino de ouro que está guardado em uma ilha localizada no mar de monstros e é protegido por um pastor ciclope.

Praticamente nada irá mudar tão seriamente, como um personagem aparecer pra mudar tudo ou um personagem desaparecer, isto inclui a mãe de Percy Jackson que sempre aparece no início e no fim do livro e nada de tão sério ela faz.

Como já disse a descoberta de poderes torna o primeiro livro mais interessante e no segundo livro Percy começa a descobrir novos poderes.

E para fechar com chave de ouro, a missão do livro dá tão certo que ocorre um erro, Thalia magicamente "renasce" o que de certa forma poderá prejudicar o acampamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário