terça-feira, 28 de setembro de 2010

AINDA não vale a pena comprar um Kindle (ou qualquer outro e-reader)

O Kindle parece uma ótima ideia para aquelas pessoas que não querem derrubar mil e uma árvores para ler um livro, mas a questão é se o custo/benefício do Kindle é realmente tão real. A Amazon tem um vasto acervo de livros, mas na maioria em inglês, além disso, nem todas as editoras ou escritores brasileiros publicam seus livros em formato digital, a questão que fica na nossa cabeça por esses e outros fatores é:
Será que 139 dólares, mais taxas de impostos, taxa para retirada e acessórios são realmente baratos?

Simulando uma compra de um Kindle Wi-Fi e de uma capa comum, temos os seguintes valores:

Kindle Wi-Fi (terceira geração): US$139,00
Capa comum preta: US$34,99
Taxa: US$191,15
Envio: US$26,97
TOTAL: US$392,11 (R$670,11, com o dólar em R$1,70)

Ou seja, são 670 reais no cartão e mais alguma taxa absurda que será paga na hora da retirada no correio. Não vou mentir que tinha, e ainda tenho vontade de ter um Kindle, mas lembrar que vou ter que pagar um valor alto por um leitor e por livros digitais, é difícil concluir a compra.

Ainda é vantajoso possuir um livro de verdade, você pode fazer pesquisas em várias lojas para achar o melhor preço e sem se preocupar com a língua, afinal de contas você irá comprar algo que tem uma grande variedade e sempre estará na sua língua. Lembrando que se você tem um inglês fluente poderá importar livros em inglês sem pagar uma única taxa.

UPDATE:
"esqueci de falar um pouco mais sobre o custo/benefício neste post, e-reader nenhum está com tanta vantagem hoje em dia. Uns tem pouca qualidade, outros não tem nada disponível para eles, enquanto outros podem estar até num nível ótimo ou aceitável como o Kindle, mas o preço pago é praticamente inaceitável.

Se eu pagar 800 num valor total do Kindle ou de um outro e-reader, eu estarei me roubando, não consigo gastar 800 reais em revistas e em livros em 1 ano. E acho que nem pra fins escolares teria tanta vantagem, será que livros de cursos de nível superior tem formato digital (legal)?

Além de pagar um valor super alto no e-book, você terá que pagar o livro digital (que as vezes o preço chega a ser igual ao de um livro real), aí realmente nem o Kindle, nem o escambau vale a pena. "

3 comentários:

  1. O título melhor seria: AINDA não vale a pena comprar um Positivo. O aparelho brasileira custa mais caro que o Kindle e oferece um custo/benefício menor do que o mesmo, sem contar que a biblioteca da Positivo é INFINITAMENTE inferior à da Amazon, ou seja, vale a pena comprar um Kindle sim :)

    ResponderExcluir
  2. esqueci de falar um pouco mais sobre o custo/benefício neste post, e-reader nenhum está com tanta vantagem hoje em dia. Uns tem pouca qualidade, outros não tem nada disponível para eles, enquanto outros podem estar até num nível ótimo ou aceitável como o Kindle, mas o preço pago é praticamente inaceitável.

    Se eu pagar 800 num valor total do Kindle ou de um outro e-reader, eu estarei me roubando, não consigo gastar 800 reais em revistas e em livros em 1 ano. E acho que nem pra fins escolares teria tanta vantagem, será que livros de cursos de nível superior tem formato digital (legal)?

    Além de pagar um valor super alto no e-book, você terá que pagar o livro digital (que as vezes o preço chega a ser igual ao de um livro real), aí realmente nem o Kindle, nem o escambau vale a pena.

    ResponderExcluir
  3. Não vale a pena comprá-lo no Brasil. Se tiver um amigo ou parente dando uma visitinha ao Tio Sam, você só gastará R$150~200. E não força, amigo, é possível baixar e-books gratuitamente e transferir para o aparelho. O que você falou é a mesma coisa de dizer que não é bom comprar um MP3 pois terá que comprar as todas músicas, coisa que TODO MUNDO com certeza faz, não é? - Herbert Câmara.

    ResponderExcluir