sábado, 30 de abril de 2016

Então, fim!

Por muito tempo fiquei procrastinando essa decisão, talvez como depois de várias vezes eu me arrependa e volte, mas estou escrevendo esse post no dia primeiro de abril, e não, não é uma mentira, mas depois de vários anos vi que não conseguia conciliar blog e vida pessoal, agora muito menos tudo isso com a vida profissional, principalmente quando essas coisas são bem diferentes, muitas vezes esqueço que tenho um blog, aí do nada lembro que tenho que escrever algo por aqui e ter de viver essa situação quase sempre estraga toda a vontade de continuar o projeto.

Logo no começo falava muito sobre tecnologia por aqui, depois parti para os livros, apaguei os conteúdos não relacionados aos livros e mantive o blog assim desde o ano passado, ultimamente não tenho tido tempo para ler muita coisa, muito menos escrever 'resenhas' das leituras. Além disso, vejo que muitas vezes me obrigo a fazer coisas que não quero, como traçar metas, é divertido, mas ficar imaginando todo santo mês falar sobre o que li, o que vou ler, e não ver um resultado legal, é chato e cansa, sei que poderia abandonar esse lado da coisa, mas mesmo se fizesse isso, a disposição seria pouca para fazer outras coisas, e acho que no momento, o "Blog do Daniel" precisa parar, talvez eu me dedique mais ao meu lado de pseudo-escritor, talvez eu consiga voltar a ler com real prazer, talvez eu encontre outro formato para comentar as leituras, talvez esse post se destrua e eu volte a escrever esporadicamente por aqui.

Mais informações a respeito disso e outros projetos serão acrescentados neste post!
Até mais, e obrigado pelas leituras.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

O Torneio: Jogando como um Campeão - Marcelo Castro

Você pode esperar de tudo em um livro com esse título, tudo mesmo, menos que ele seja tão decepcionante como essa leitura foi.

O autor não conseguiu desenvolver bem a narrativa, para o que parece ser um conto ficcional, passamos para uma leitura motivacional, algo do tipo: "Você consegue!", a coisa vai correndo tão depressa que em minutos estamos no final da estória, e totalmente sem motivos para acabar naquele ponto, afinal de contas, quem lê ficará totalmente decepcionado com uma estória que nos leva a acreditar em uma reviravolta, grande sonho se realizando e do nada, FIM.

Qual era a emoção do personagem no momento? Como foi "O Torneio"? Ganhou? Perdeu?

Gostaria de uma estória mais completinha, não algo como: Estou com tempo livre, vou escrever algo por meia hora no word e publicar na Amazon.

Dei 3 estrelas, mas se tivesse dado uma nota menor ainda seria muita coisa.

Se houver coragem, você pode comprar o conto disponível na Amazon, "O Torneio: Jogando como um Campeão".

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Personagem de um conto eterno - Daniel Fernandes

Personagem de um conto eterno foi um dos meus contos favoritos, mexe com ficção, sobre como a estória pode se repetir, e na verdade, se você reler o conto várias vezes não vai sentir como se estivesse recomeçando a estória, pois afinal de contas [possível spoiler] o personagem está preso em um momento que se repete [/possível spoiler].

A estória em si parece ser algo mal desenvolvido, mas você pode analisar fatores bem interessantes, os detalhes descritos sobre cada momento, a contagem do tempo e como cada vez o clímax da narrativa está chegando, será que ele vai conseguir?

Dei 5 estrelas na Amazon e você pode encontrar o conto aqui: Pesonagem de um conto eterno.

segunda-feira, 4 de abril de 2016

Páginas em Branco - J. J. Moreno

Uma das coisas mais difíceis de falar sobre contos é que qualquer coisinha você provavelmente já falou metade da estória, e nesse caso estamos falando de um conto que provavelmente qualquer coisa é 80% da estória.

Roger, o personagem principal percebeu que ele não havia contribuído com nada para a humanidade, sua vida era insignificante, ele não conseguia nem se sustentar com o próprio trabalho, mas ele resolve que deveria escrever alguma coisa, algum texto, afinal de contas, ele poderia morrer ou o mundo se acabar a qualquer momento, o que ele teria feito?



Dei 3 estrelas na Amazon e você pode encontrar o conto aqui: Páginas em Branco.

sexta-feira, 1 de abril de 2016

Resumão Março/2016

O mês de março foi bem pouco produtivo para as leituras, na verdade não conclui nenhuma leitura, e nem consegui terminar alguns livros que estavam na minha TBR do mês. Na verdade consegui ler dois contos do Tolstói, o que provavelmente vai me fazer passar um tempinho sem pegar para lê-los.

Sobre as aquisições, este mês comprei vários ebooks na Amazon:

  • Negócios de Família
  • Um Encontro Inesperado
  • As crônicas Ridell: Volumes I e II
  • Anna Kariênina
  • Estrada 401
  • O Planeta dos Macacos
  • O Espadachim de Carvão
  • Os três mosqueteiros
Tenho que dizer que o motivo de tantos ebooks foi promoções e promoções, os três últimos não paguei nada. Mas também comprei apenas um livro físico, que foi Orgulho e Preconceito.

Março foi bem corrido para mim pois consegui um emprego, por isso quase nenhum post no blog, mas prometo que vamos ter algumas resenhas em breve, os posts dos contos continuarão aparecendo por aqui, tenho vários para ler e comentar com vocês.